sábado, 8 de julho de 2017

1º ano de faculdade: recap

Estou feliz por (finalmente) estar de férias, é até estranho mas estão realmente a saber pela vida.

Neste post resolvi fazer um resumo deste primeiro ano de faculdade, com algumas dicas e alguns conselhos.

Primeiro, no início do ano decidi que iria pelo menos experimentar ir à praxe, apesar dos meus pais não serem propriamente a favor. De facto, gostei muito de participar na praxe da minha faculdade, nunca me insultaram nem fizeram troça de mim. Contudo, houve um episódio que me chateou profundamente num jantar quando um veterano queria que bebesse mais; nesta ocasião devemos manter-nos firmes e conscientes da nossa posição, eu não queria beber e não o fiz, infelizmente em todo lado há sempre pessoas menos simpáticas e este veterano é uma delas! Apesar deste triste episódio, foi através da praxe que conheci as pessoas com quem me relaciono mais da faculdade e que mais gosto. Na minha opinião, toda a gente deveria pelo menos experimentar, pois só assim saberão se gostam ou não, e além disso, para que conste, comprei o traje e para o ano vou receber os caloiros e contribuir para mais diversão e integração e menos falta de inteligência e bom senso.

Segundo, na faculdade tudo chama por nós menos o estudo, há festas e churrascos a toda a hora e ao longo do ano aprendi a ser seletiva, não só porque não há dinheiro para tantas saídas, mas também porque a energia começa a escassar com estudo e festa à mistura. Acho importante gerir o tempo o melhor possível, conseguir conciliar descanso, boa-vida e estudo é MESMO fundamental! Façam um estudo continuo e regrado, optem por estudar em conjunto durante o semestre e em época de exames/frequências optem por um estudo autónomo e focado com pausas e descansos, mas sem grandes saídas (claro!). Usem resumos de colegas e partilhem os vossos, mas quando for para estudar a sério foquem-se apenas num ou dois, pois, além de muita festa, somos bombardeados com imensa informação, apontamentos, sebentas e resumos...não podem, não conseguem, nem devem estudar todos, também devem ser seletivos relativamente a este tópico.


Foi também durante este 1º ano que aprendi a gerir melhor o meu dinheiro e fiz um post no início do 2º semestre com algumas boas dicas (dêem uma olhadela): Poupa comigo.

Assim, concluo que foi um ano em que cresci bastante enquanto pessoa e especialmente no meu relacionamento com os outros. Aprendi a valorizar-me mais e dar menos importância aos números e mais ao conhecimento adquirido.

Por fim, depois deste ano atribulado e cheio de momentos memoráveis tenho grandes expectativas para estas férias e vou partilhar tudinho com vocês (u.u), fiquem atentos porque vai haver viajens e coisas giras.